Nossos Sistemas

Desde a eleição de 2018, nosso grupo vem desenvolvendo soluções para trazer transparências para o espaço midiático, principalmente no ambiênte On-line. Algumas delas ainda estão funcionando e se mostraram soluções eficiêntes, como o Monitor de WhatsApp, que foi utilizado por diversos Jornalistas.

Já para a eleição de 2022, estamos trabalhando nos seguintes sistemas:


» Monitor de WhatsApp

O WhatsApp é muito popular no Brasil e gera grandes preocupações de que essa plataforma pode se tornar um terreno fértil para grupos interessados em disseminar desinformação, especialmente como parte de campanhas políticas articuladas. Uma opção do WhatsApp que merece atenção é que usuários podem criar grupos públicos. Esses grupos são adequados para ativismo político e organização de movimentos sociais. É razoável supor que uma campanha de desinformação maliciosa pode tentar maximizar o público alvo de uma história falsa compartilhando-a em grupos públicos existentes no Whatsapp.

Nosso grupo desenvolveu scripts automatizados para identificar grupos públicos no Whatsapp e identificamos 350 grupos que estão sendo monitorados há meses. Nós criamos um sistema e demos acesso a esses dados a jornalistas que realizam checagem de fatos. Esse projeto nos credenciou a ser um parceiro institucional do Comprova. Nós também escrevemos um breve artigo científico que explica o funcionamento do sistema: A System for Monitoring Public Political Groups in WhatsAppUma descrição detalhada do funcionamento do monitor de whatsapp pode ser vista no artigo que publicamos na conferência Webmedia 2018.

ACESSE O SISTEMA »

» Monitor de Telegram

O Telegram é atualmente uma das plataformas de mensageria mais populares do mundo, com uma base que já ultrapassa a casa de 500 milhões de usuários globalmente. Impulsionado em grande parte por ser uma plataforma mais rica em recursos e menos sujeita a políticas de moderação, o serviço tem sido cada vez mais explorado para fins políticos e ativistas. Apesar do crescimento e aumento da popularidade do Telegram no Brasil, pouco se sabe sobre seu uso, em especial sobre sua exploração para divulgação de conteúdo político. Nosso grupo desenvolveu uma ferramenta capaz de monitorar e explorar dados de grupos e canais públicos de cunho político. Contamos atualmente com mais de 120 chats monitorados, entre grupos e canais, até mesmo oficiais de autoridades políticas. 

O monitor ainda está em construção, nossa previsão é disponibilizá-lo até dezembro de 2021.

DISPONÍVEL EM BREVE »